nt6

REPORTAGEM EM VÍDEO – JORNAL DA RECORD

Criação de casas para idosos acompanha o envelhecimento da população.

O Brasil está envelhecendo. Já são mais de 20 milhões de pessoas com mais de 60 anos. Para atender a esse público, novos serviços começam a ser criados, como as casas especializadas. Os idosos passam o dia numa espécie de creche. São levados pela família na parte da manhã, têm atividades de canto, artes manuais, desenho, pintura e até atividades físicas. No fim do dia, voltam para casa e para o convívio com a família.

nt5

CONHEÇA OS SERVIÇOS QUE SÃO PAULO OFERECE AOS SEUS 900 MIL IDOSOS – FOLHA DE SÃO PAULO.

Há pouco mais de um ano, Lilly Grossmann, 90, vendeu a casa, doou os móveis e aportou com malas e retratos da família em um flat de alto padrão para idosos perto da avenida Paulista. “Não quis morar com minhas filhas porque sou muito independente. E elas ficariam dependentes de mim se eu morasse com elas”, diz a funcionária pública aposentada, que ocupa uma unidade individual.

LEIA A NOTÍCIA NA ÍNTEGRA

nt4

SÃO PAULO E SUAS OPÇÕES DE ACOLHIMENTO – PORTAL DO ENVELHECIMENTO

Em setembro, o jornal “Folha de S.Paulo” publicou uma matéria sobre os serviços que São Paulo oferece a seus 900 mil idosos. Você pode perguntar: mas esse número é verdadeiro? Grande assim?

Nós responderíamos afirmativamente e ainda diríamos que tende a aumentar numa proporção “quase” assustadora e preocupante: 8% dos moradores já passaram dos 65 anos, de acordo com o último Censo do IBGE, de 2010. Desde 1991, essa proporção quase dobrou.

Pensando nisso, o texto traz algumas opções de acolhimento para a terceira idade: desde centros de atividades para os mais velhos passarem só o dia até os sofisticados residenciais especializados. Diante de um quadro vasto de possibilidades, ainda existem dúvidas sobre a melhor alternativa para quando os parentes não puderem oferecer companhia ou cuidados diários.

LEIA A NOTÍCIA NA ÍNTEGRA

nt3

SOLAR FLOR DE LIS AGORA EM UMA REVISTA BRITÂNICA. A “MONOCLE”

É com imenso prazer que informamos mais uma reportagem com a participação do Solar Flor de Lis agora em uma revista britânica “MONOCLE” (www.monocle.com). A revista é feita 100% em Londres e tem circulação mundial;em São Paulo vocês podem encontrá-la em bancas como a da Haddock Lobo c/Oscar Freire e na Rua:Amauri.

A edição de novembro é focada em saúde e bem estar, e sobre como viver bem e melhor na terceira idade. A revista Monocle procura no mundo todo modelos de negócios diferentes que ajudem o idoso a ter uma vida mais alegre e confortável, mostrando lugares inspiradores e alternativos às tradicionais casas de repouso. Monocle rastreou os que fazem a diferença em seu país, mostrando as autoridades no processo.

nt2

CRECHE TAMBÉM É LUGAR DE VOVÔ PASSAR O DIA – FOLHA DE SÃO PAULO – COTIDIANO

A cadeira verde é da Áurea. A azul, da Horita. E a marrom é da Maria. Os nomes delas e das colegas também constam no quadro da sala, ao lado das datas de aniversário.

Não fossem pelas mais de sete décadas que cada uma carrega, o lugar poderia ser uma escola infantil. Mas é uma creche de vovós e vovôs.

Esse novo tipo de negócio tem crescido em São Paulo. Alguns já nasceram como creches ou centros-dia -como preferem chamar certos especialistas.

Outros são casas de repouso que estão aproveitando o espaço ocioso para atender a idosos por diárias. Alguns chegam a oferecer serviço de transporte (leva e traz).

LEIA A NOTÍCIA NA ÍNTEGRA

nt1

O CENTRO DE VIVÊNCIA SOLAR FLOR DE LIS É NOTÍCIA…

Queridos Amigos, vocês percebem o quanto amamos o nosso trabalho e buscamos com ele transformar os dias dos idosos em momentos coloridos e felizes, sem esquecer do familiar que busca em nosso trabalho um apoio para dar a quem ama muito uma melhor qualidade de vida.

Por isso queremos compartilhar nossa alegria com voces e informar que o Solar Flor de Lis vem sendo assunto de várias reportagens.

Vamos prestigiar essas reportagens que valorizam o Idoso e abrem novas portas aos familiares que desconhecem o trabalho dos Centros de Convivência para Idosos (creche).
Queridos, tem sim vida inteligente na 3ª e na 4ª idade.

CONFIRA ABAIXO, ALGUMAS REPORTAGENS SOBRE NOSSO TRABALHO.